Dúvidas Frequentes sobre Reprogramação Biológica

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

O que é Reprogramação Biológica?

A Reprogramação Biológica é uma técnica que se baseia na relação entre os conflitos emocionais inscritos durante a vida e as “doenças” orgânicas por eles gerados.

Sua elaboração e formulação originou-se na década de 70, quando iniciaram experimentos embasados na física quântica, embriologia, filogênese e na etologia animal (estudo do comportamento dos animais).

 

Por que o nome Reprogramação Biológica?

O nosso corpo possui um programa biológico de sobrevivência, o qual pode ir perdendo esta capacidade devido a influências traumáticas sofridas.

O tratamento consiste em estimular o organismo do paciente para que haja uma reprogramação biológica, desta forma o organismo volta a ter condições de realizar autocorreções.

 

Como é realizada a sessão?

Inicialmente é feita uma anamnese do paciente, colhemos suas queixas e desconfortos para investigarmos os “trilhos” que levaram esta pessoa a desenvolver uma “doença”.

Em seguida, informamos ao paciente o porquê do organismo dele escolher alguns caminhos que geram desconfortos, ou seja, onde está o conflito que causou aquela reação.

 

Qual a duração?

O tempo de sessão é de aproximadamente 50 minutos.

 

Como funciona esta técnica?

Frequentemente passamos por problemas que não aceitamos e isso pode nos gerar decepções, tristezas, mágoas, angústias, sentimentos de perda e, nosso corpo então, procura uma forma de proteção para nós mesmos, como o exemplo da febre, ou seja, uma luta interna para nos defender.

Entretanto, essa “febre” (defesa) pode vir também sob a forma de dores, azia, intestino preso, diarréias, vômitos, memória ruim, depressão, medos, sono ruim, problemas respiratórios, alergias, problemas vasculares e até mesmo o câncer.

É preciso então identificar porque o corpo está escolhendo este caminho e, quando entendemos realmente o que está acontecendo (qual a causa?), temos mais chance de caminhar para a cura.

 

Quantas sessões são necessárias para que haja melhora ou resolução dos sintomas?

É frequente os pacientes apresentarem melhora já na primeira sessão, isto vai depender de cada organismo.

 

Quais são as indicações para esta terapia?

É indicada para todos os tipos de disfunções do organismo como exemplo: rinites, sinusites, alergias em geral, depressões, fibromialgias, gastrites, refluxos, intestino preso, enxaquecas, dores musculares, tendinites, hérnias de disco, insônias, vitiligo, ansiedades, fobias entre outras.

Pode ser aplicada em crianças, adultos e idosos de forma preventiva ou curativa (autocorreção).

(Fonte: Valente Cursos)